Comunidade

Moradores do Rubem Berta não recebem correspondências desde 2009

28/01/2014 09:41:05

Os moradores do complexo habitacional Porto Novo, formado por realocados da Vila Dique que tiveram que deixar a área próxima ao aeroporto, não estão recebendo correspondências. A ausência do serviços de entrega levou a Defensoria Pública da União do RS (DPU-RS) a acionar judicialmente os Correios. Segundo a DPU-RS, os moradores não recebem correspondências particulares desde 2009, porém, cobranças como a conta de luz chegam regularmente nas suas portas. Em resposta a ofício enviado pela DPU-RS, a direção dos Correios informou que, em 2012, foi feito estudo técnico para a ampliação da distribuição domiciliar em Porto Alegre, no qual foram levados em conta todos os logradouros existentes. Afirmou que o Complexo Habitacional Porto Novo não foi incluído em virtude de inexistência de cadastro oficial, duplicidade de nomes e divergências de cadastros. Alegou ainda que, à época do estudo, o loteamento estava em construção, não existindo logradouros e códigos de endereçamento postal para as ruas.

Fonte: Revista Consultor Jurídico

Anuncie no Jornal Via Norte, clique e saiba mais.