Comunidade Reclama

Descaso para refazer calçada trás incômodo e risco para pedestres na Zona Norte

Descaso
10/06/2014 09:47:49

Desde outubro do ano passado, uma leitora do Jornal Via Norte sofre com uma calçada esburacada na frente da sua casa na rua Emília Stefani Aloisio. Segunda a leitora, tudo começou com uma obra do Departamento de Esgotos Pluviais (DEP) no ano passado para reparação de um cano de esgoto. A obra foi concluída e o buraco fechado pelo órgão. Porém, a calçada começou a ceder em alguns pontos gradativamente. Em outubro foi realizada a primeira solicitação de conserto. O DEP só arrumou em fevereiro deste ano e deixou a calçada desfeita. A moradora então entrou em contato novamente, e para sua surpresa, teve como resposta que só poderia ser refeita por outro órgão da prefeitura. De lá para cá, a moradora já abriu mais de cinco chamados pelo telefone 156 da prefeitura, mas não obteve resposta. Enquanto isto, a calçada continua aberta bem na frente da entrada da sua garagem correndo risco de ceder e estourar o cano novamente. Além disto, gera incômodo e risco também para os pedestres. O descaso evoca o triste caso do aposentado Vilis Antônio Borgheti, 86 anos, que faleceu ao tropeçar em irregularidades de uma calçada, também na Zona Norte, e cair em frente de um ônibus.

Anuncie no Jornal Via Norte, clique e saiba mais.