Comunidade Reclama

Queimadas irregulares de lixo causam transtornos a condomínio na Zona Norte

Queimadas
07/05/2015 11:47:22

Incinerações ocorrem na madrugada, o que impossibilita identificação de responsáveis

Há cerca de seis meses, a vida dos moradores de um condomínio no bairro Sarandi, virou, quase que literalmente, um inferno. Em contato com a redação do Jornal Via Norte, uma moradora relatou que no final do ano passado, queimadas irregulares de lixo começaram a ocorrer nas imediações da rua Willy Eugênio Fleck. No começo as atividades eram esporádicas à luz do dia, mas tornaram-se mais frequentes. Foi verificado que no entorno, moradores invadiram a Vila Vitória da Conquista. Os moradores do condomínio Ecoville, que possui mais de 400 casas, organizaram-se e acionaram os órgãos competentes sobre a queimada. Com isto, o lixo passou a ser incinerado durante a noite, chegando ao ponto de se tornarem diárias. A fumaça torna impossível práticas comuns. Além dos gases nocivos, a névoa tóxica impede que ar-condicionado seja ligado, roupas estendidas ficam com cheiro insuportável, eventos ao ar livre precisam ser cancelados e, inclusive, impossibilita uma boa noite de sono em alguns dias. Foram abertos mais de 30 chamados para a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Smam). A resposta do órgão foi de que precisa haver flagrante para autuação. Em retorno ao Jornal Via Norte, a Smam enviou a resposta de atendimento de cada chamado aberto. Vários focos de queimadas foram verificados, mas nenhum responsável foi encontrado. Como as queimadas ocorrem durante a madrugada, a situação dos moradores continua sem solução.

Foto: Arquivo pessoal/Divulgação

Anuncie no Jornal Via Norte, clique e saiba mais.