Saúde

Hospital de Pronto Socorro precisa de doação de sangue

Hospital
13/06/2016 14:51:47


As baixas temperaturas, especialmente nesta época do ano, acenderam o alerta do Hospital de Pronto Socorro (HPS). Os estoques de sangue, de todos os tipos, apresentam índices baixos. A instituição chama a atenção para a importância de doar sangue, ato fundamental para salvar vidas. A Unidade de Coleta e Transfusão do hospital funciona das 8h às 12h, de segunda a sexta-feira, na rua Venâncio Aires, 1116, 2º andar. Interessados em colaborar devem procurar o HPS levando documento com foto, além de observar alguns critérios, como estar alimentado e em bom estado de saúde, dormir pelo menos seis horas na noite anterior e evitar fumar duas horas antes da doação.

A Unidade de Coleta e Transfusão ocupa uma área de cerca de 200 metros quadrados, equipada com os mais sofisticados e seguros equipamentos para coleta e armazenamento de sangue. Tem capacidade para receber 20 doadores por turno, em ambiente climatizado com ar-condicionado central. As homogeneizadoras, máquinas que fazem a coleta, têm um sistema de vedação acionado assim que a coleta termina, eliminando riscos de contaminação e garantindo o máximo de segurança para o doador e para o servidor da unidade.

O HPS tem uma demanda mensal de cerca de 400 bolsas de sangue, que são guardadas em nove geladeiras especiais integradas por um sistema de software que monitora a temperatura em cada uma. O controle de temperatura e estoque é visualizado nas telas dos computadores do setor. O investimento na UCT foi de R$ 1 milhão, incluindo obras e equipamentos.

Orientações para doar sangue:

- Pessoas entre 18 e 65 anos em bom estado de saúde, que não tenham tido hepatite depois dos 10 anos.

- Pesar acima de 50 quilos, descontando o vestuário.

- Estar alimentado e não fazer exercícios físicos antes da doação.

- Evitar fumar duas horas antes da doação.

- Não ser usuário de drogas e não ingerir bebida alcoólica nas últimas 12 horas.

- Ter dormido pelo menos seis horas na noite anterior à doação. A qualidade do sono é importante, por isso, plantonistas não devem doar sangue no dia em que saírem do plantão.

- Não ter colocado piercing ou feito tatuagem nos últimos 12 meses.

- Não ter realizado endoscopia nos últimos 12 meses.

No momento da doação, é necessário apresentar um dos seguintes documentos com foto: carteira de identidade, profissional, habilitação ou passaporte.

Texto: PMPA

Anuncie no Jornal Via Norte, clique e saiba mais.