Cultura & Lazer

62ª Feira do Livro de Porto Alegre começa nesta sexta

62ª
26/10/2016 13:46:53

Com o tema Analfabetismo Funcional e a missão de ajudar a combater esse problema que tem reflexos na educação, na cultura e na economia do país, a 62ª Feira do Livro de Porto Alegre começa nesta sexta-feira, 28, em seu endereço tradicional, na Praça da Alfândega de Porto Alegre. A abertura oficial será às 19h, no Teatro Carlos Urbim (instalação móvel que fica na avenida Sepúlveda, entre a rua Siqueira Campos e a avenida Mauá). A Prefeitura de Porto Alegre é parceira da Câmara Rio-Grandense do Livro e mobilizou os serviços de infraestrutura para o evento, além de preparar uma programação especial, por intermédio de suas secretarias e departamentos.

A Secretaria Municipal da Cultura (SMC) irá realizar sessões de autógrafos, lançamento de livros, debates, o seminário internacional sobre o papel da biblioteca e da leitura no desenvolvimento da sociedade e uma reunião do Conselho Municipal do Livro e da Leitura. Também serão divulgados os finalistas do Prêmio Açorianos de Literatura Adulta e Infantil e os do Prêmio Açorianos da Criação Literária.

O Departamento Municipal de Limpeza Urbana vai levar até a praça o projeto Livro Livre. Será exposta uma geladeira adaptada como estante, que tem como objetivo incentivar a leitura e o reaproveitamento de materiais. Os livros são dispostos em geladeiras que seriam descartadas e foram pintadas pela equipe do Serviço de Assessoria Socioambiental com temas envolvendo a questão dos resíduos sólidos.

O Conselho Municipal do Idoso, o ObservaPOA e o programa Todos Somos Porto Alegre também terão espaço na programação com atividades organizadas pela Secretaria Municipal de Governança Local (SMGL). A Secretaria Municipal da Acessibilidade e Inclusão Social (Smacis) realiza o Fórum da Acessibilidade e Inclusão Social e participa na Estação da Acessibilidade, com orientações e informações ao público. Confira aqui a programação geral do evento. Para a programação infantil e juvenil, acesse este link.

Educação – Entre as ações estão iniciativas descentralizadas que já estão ocorrendo desde o início da semana nas escolas municipais. O objetivo da Secretaria Municipal da Educação (Smed) é envolver toda a comunidade escolar em atividades de estímulo à leitura. Além disso, sessões de autógrafos e lançamentos de livros valorizam a produção literária oriunda da rede.

Os servidores da Smed receberam o Cartão do Servidor, no valor de R$ 50, e poderão utilizar nas bancas da Feira do Livro. O benefício é oferecido como forma de incentivar a leitura. 

Outro destaque é que nesta quinta e sexta-feira, 27 e 28, as escolas municipais realizam a Parada da Leitura. No dia 28, no saguão da Smed (rua dos Andradas, 680) e nas praças da Alfândega e Brigadeiro Sampaio, ocorre o projeto Livro Andarilho (Livros Livres), iniciativa que consiste no depósito de livros em locais públicos para quem tiver interesse de lê-los naquele espaço. Os alunos da rede municipal também participarão da programação cultural oferecida pela Câmara Rio-Grandense do Livro no local. 

Serviços municipais – Desde o início da semana, a Secretaria Municipal de Obras e Viação (Smov) intensificou os serviços de vistoria e manutenção na Praça da Alfândega e no entorno. Uma equipe da Divisão de Conservação de Vias Urbanas (DCVU) renovou a pavimentação e fez a substituição e assentamento de pedras portuguesas em 15 metros quadrados daquela área, principalmente na rua dos Andradas, próximo à rua General Câmara. A Divisão de Iluminação Pública (DIP) trocou 18 lâmpadas, sete reatores e dois suportes de lâmpadas. A DCVU manterá uma equipe de plantão na sede da empresa para atender o evento e a DIP estará de plantão no local.

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Smam), há duas semanas, realiza ações de manejo de vegetação em toda a área do evento e também faz análise de árvores, poda e ajardinamento. 

O Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU) está lavando a praça nas madrugadas, com caminhão-pipa, e disponibilizará 10 latões de lixo pela feira. Oito garis trabalharão na varrição e conservação do espaço do evento.

A Guarda Municipal realizará o patrulhamento de forma intensificada na Praça da Alfândega. 
 


62ª Feira do Livro de Porto Alegre

Com 111 bancas, sendo 12 na Área Infantil e seis na Internacional, a feira vai ocupar 10 mil metros quadrados, sendo 6 mil de área coberta. A área internacional foi movida para o interior do primeiro andar do Memorial do Rio Grande do Sul, a fim de aproveitar as estruturas permanentes na Praça da Alfândega. O prédio histórico acolhe também alguns espaços da Área Infantil, como a Biblioteca Moacyr Scliar e a Bebeteca, além da Estação da Acessibilidade. 

Patrona
A escritora Cintia Moscovich foi eleita patrona da 62ª Feira do Livro de Porto Alegre. Natural de Porto Alegre, Cíntia Moscovich nasceu em 1958. Jornalista e mestre em Teoria Literária, foi indicada ao Jabuti em 1997 por O Reino das Cebolas. Foi diretora do Instituto Estadual do Livro do Rio Grande do Sul de 2001 a 2002. Vencedora do Prêmio Açorianos de Literatura na categoria Narrativa Longa em 1999 pela novela Duas Iguais – Manual de amores e equívocos assemelhados, indicada ao Prêmio Portugal Telecom pelo livro Arquitetura do Arco-íris e vencedora por Essa Coisa Brilhante que é a Chuva, em 2013, na categoria Contos. Cintia é a quinta mulher a conquistar o patronato do evento. As anteriores foram: Maria Dinorah, em 1989; Lya Luft, em 1996; Patrícia Bins, 1998, e Jane Tutikian, 2011. 

Horário de funcionamento

As áreas Geral e Internacional funcionarão de domingo a sexta, das 12h30 às 21h, e aos sábados, das 10h30 às 21h. A Área Infantil e Juvenil abrirá todos os dias, das 9h às 21h. 

Informações
http://www.feiradolivro-poa.com.br

Texto e foto: PMPA
Anuncie no Jornal Via Norte, clique e saiba mais.