Opinião

Professores ligados ao CPERS invadem gabinete do Deputado Gabriel Souza

Professores
07/11/2017 16:41:18


Nesta manhã, 07, professores ligados aos CPERS, começando pela sua presidente e mais sua diretoria, invadiram o gabinete do Deputado Gabriel Souza (PMDB/RS).
Gabriel é líder do governo e vem tentando há bastante tempo mediar a crise da educação, que o CPERS insiste
em dar um viés politico para a sua pauta.
Primeiro era o pagamento atrasado, depois que o Governo pagou apresentaram outras pautas, como a privatização e a reforma da previdência. Agora, como não terá mais a reforma da previdência, resolveram apresentar na nova pauta
um item que nem deveria ser objeto de avaliação por parte da secretaria estadual.
Na proposta desta turma de irresponsáveis, que são os dirigentes do CPERS, tem um item que é encerrar a greve, gozar 45 dias de férias e só a partir de março de 2018 recuperar as aulas perdidas em 2017.
Como pode um grupo irresponsável a este ponto, dirigir um sindicato de professores?
As pessoas não precisam se perguntar porque a educação do RS está neste nível deprimente, é só olhar para o CPERS e terá a resposta.
Além de tudo isto, este pessoal quando da invasão do gabinete, ameaçou os funcionários e os manteve em cárcere privado. Sentaram-se na cadeira do deputado na sua mesa de trabalho, mexeram em seus documentos, comeram o que havia no frigobar, colaram cartazes e adesivos de "Fora Sartori", enfim destas coisas de marginal que estamos vendo se proliferarem no Brasil de hoje.
Esperemos que o Ministério Público, que é tão atuante em casos de agressão ao CPERS, que neste caso também tome as providencias de identificar e punir os marginais que ali estiveram.

Veja o vídeo:

*Mario Petek / Jornalista

Anuncie no Jornal Via Norte, clique e saiba mais.