Educação

Startups do programa Start.edu são convocadas para teste em escolas

Startups
18/01/2019 08:56:07

 

A comissão de seleção do Start.edu, programa da Secretaria Municipal de Educação (Smed) para levar soluções inovadoras para as escolas da rede pública, elaborou seu primeiro relatório final, com análise técnica e convocação de startups para testes. As selecionadas participaram do edital de chamamento público 05/2018 e apresentaram as suas propostas em pitch realizado em 11 de dezembro, no Paço Municipal. O documento está no Diário Oficial desta quinta-feira, 17.

A escolha foi feita pela comissão, representada por Carlos Eduardo Aranha, da Rede Gaúcha de Ambientes de Inovação (Reginp), Mariana Gutheil (No One), Gabriela Ferreira (Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores – Anprotec), Wagner Bregozza (Associação Gaúcha de Startups – AGS), Wagner Bergozza, do poa.hub e da AGS, Bruno Bittencourt, então na Diretoria Pedagógica da Smed, e Maria Fernanda Bermúdez, chefe de gabinete da secretaria.

“Ao abrir as escolas para a sociedade civil, esperamos oportunizar uma grande mudança, com a participação de todos na busca das soluções para a transformação da educação e, assim, da cidade como um todo”, destaca o secretário Adriano Naves de Brito.

As startups que foram convocadas para testes nas instituições de ensino são:

Edufuturo (RJ) – A Conecturma é uma metodologia que desenvolve habilidades de Língua Portuguesa e Matemática, aspectos socioemocionais e mídias que incluem livros didáticos e uma plataforma digital.

Edufy APP (RS) – É um aplicativo para melhorar a comunicação da escola com as famílias. Para cada instituição cria-se um APP personalizado disponível para IOS e Android, além de uma versão web que pode ser acessada de qualquer dispositivo.

Impare Educação (RS) – Oferece aos docentes e gestores uma plataforma on-line com práticas pedagógicas estruturadas em planos de aula, compostos de áudios e vídeos e demais materiais de apoio, desenvolvendo competências socioambientais por meio da educação musical.

Maven Inventig Solutions (RS) – A Mavenflip e Mavenapp são ferramentas de acessibilidade para auxiliar na aprendizagem de alunos com necessidades especiais, possibilitando aulas mais dinâmicas com conteúdos de hipermídia.

Me Salva! (RS) – Preparatório Enem 100% digital, redação corrigida, planos de estudos personalizado, monitoria ao vivo com professores. Reforço escolar de fundamental e médio, com todo conteúdo baseado na BNCC 100% digital.

Mira Educação (SP) – Plataforma de gestão e aprendizagem, o Mira Aaula funciona como um diário de classe digital e auxilia os professores na gestão da aula, avaliação, atividades e planejamento.

Proesc.com (AP) – Uma plataforma de gestão escolar on-line que possibilita a gestão integrada de todas as escolas de uma secretaria de educação, com soluções nas áreas administrativa, pedagógica e comunicação.

Starlearning (RS) – Plataforma de Learning Management System com o uso de inteligência artificial, que possibilita a geração de dados em tempo real. Prevê as probabilidades que cada pessoa tem de atingir metas e indica possíveis ações de melhoria de desempenho.

Tridder (RS) – É uma plataforma digital que garante facilidade e segurança na contratação de serviços elétricos, hidráulicos, pequenos reparos, montagem de móveis, climatização, informática, limpeza e decoração.

O FazGame, da startup fluminense Teczelt, deverá ser testado no segundo semestre, após novas análises por parte da comissão. O projeto é utilizado pelos professores para ensinar um determinado conteúdo – onde os alunos aprendem ao criar um game narrativo, gerando objetos educacionais, aprendendo conteúdo e desenvolvendo competências.

 

Anuncie no Jornal Via Norte, clique e saiba mais.