Operação

Procon realiza pesquisa de medicamentos

MEC divulga nesta segunda o resultado do Sisu

DMLU começa a duplicação da coleta automatizada

Leilão de camarotes no Porto Seco será nesta terça-feira, 19

Sine Triângulo e supermercado oferecem 80 vagas de emprego

Rodoviários de Porto Alegre fazem operação tartaruga

Programa de bolsas de ensino da prefeitura da Capital abre inscrições

Listão da UFRGS é divulgado

Postos da BM do Sarandi e Parque dos Maias entre outros podem fechar

Saúde começa vacinação contra sarampo em escolas nesta quinta

EPTC faz palestras em Centros de Formação de Condutores

Prefeitura divulga programação de capina e roçada

Escola do Sarandi promove Feira do Livro para alunos e familiares

Desfile marca doação de 175 mil peças à Campanha do Agasalho

Procon
02/07/2019 12:06:45
O Procon Porto Alegre divulga nesta terça-feira, 2, pesquisa de preços de 20 medicamentos realizada em cinco redes de farmácias da Capital. Foram verificados os valores de diversos remédios, incluindo os de tratamento de doenças crônicas como diabetes, hipertensão, problemas cardíacos, entre outros. Confira a pesquisa aqui.

A pesquisa certifica a importância de comparar os preços dos remédios em diversos estabelecimentos antes de efetuar a compra. A variação é expressiva. Um exemplo é a Nimesulida. A caixa com 12 comprimidos de 100mg nas marcas comerciais tem preços que variam de R$ 33,86 a R$ 45,54. Se optar pelo produto genérico com mesmo princípio ativo, o consumidor encontrará preços de R$ 7,41 a R$ 14,90.

A diretora executiva do Procon Porto Alegre, Fernanda Borges, lembra que, todos os meses, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publica uma tabela com o valor máximo que pode ser cobrado do consumidor por cada medicamento. A relação está disponível para consulta neste site. "Orientamos que os consumidores, antes de realizar a compra da medicação necessária, comparem os preços em diferentes redes de farmácias. Também deve estar atento a possíveis descontos fornecidos por alguns laboratórios, mediante prévio cadastramento", ressalta Fernanda.

Outra dica importante para os consumidores que utilizam medicamentos de uso contínuo para hipertensão, diabetes e asma é realizar seu credenciamento no Programa Farmácia Popular, neste site. Assim, é possível recebê-los de forma gratuita nas farmácias conveniadas. Além disso, existem medicamentos para colesterol, rinite, doença de Parkinson, osteoporose, glaucoma e anticoncepcionais com descontos de até 90%.É possível consultar a lista de medicamentos neste link.


Atendimento - O atendimento do Procon Porto Alegre é exclusivo para residentes no município, que podem registrar reclamações diretamente pelo site, pelo atendimento eletrônico, ou pessoalmente na rua dos Andradas, 686, térreo, Centro Histórico. O funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. São distribuídas 80 fichas diárias, com atendimento por ordem de chegada. O consumidor também pode realizar o agendamento prévio para o atendimento presencial no site, sendo fornecidas 11 senhas diárias. Mais informações no Facebook.

 

Foto e Texto: PMPA

Anuncie no Jornal Via Norte, clique e saiba mais.