Saúde

Saúde oferece tratamento e alerta para riscos do tabagismo

Saúde
27/08/2019 15:34:57

No Dia Nacional de Combate ao Fumo, lembrado nesta quinta-feira, 29, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) reforça a importância de ações de sensibilização e mobilização para os danos sociais, políticos, econômicos e ambientais causados pelo tabaco. A proposta é conscientizar sobre as múltiplas formas nas quais a exposição ao fumo afeta a saúde respiratória em todo o mundo.

Em Porto Alegre, pessoas interessadas em parar de fumar podem procurar as unidades de saúde, que oferecem tratamento em grupos de apoio ou individual. De acordo com o IBGE, em 2014 a capital gaúcha liderava o ranking geral de fumantes do país, registrando 16,5% de adultos tabagistas em sua população. Em 2016, perdeu o posto para Curitiba, caindo para a segunda colocação, e agora ocupa o primeiro lugar novamente, com 14.6%.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o tabagismo é a principal causa de morte evitável em todo o mundo, sendo responsável por 63% dos óbitos relacionados às doenças crônicas não-transmissíveis. O tabagismo representa 85% das mortes por doenças pulmonares crônicas (bronquite e enfisema), 30% por diversos tipos de câncer (pulmão, boca, laringe, faringe, esôfago, pâncreas, rim, bexiga, colo do útero, estômago e fígado), 25% das doenças coronarianas (angina e infarto) e 25% por doenças cerebrovasculares (acidente vascular cerebral).

Conforme dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca), no Brasil cerca de 80% dos fumantes começaram a fumar diariamente antes dos 19 anos de idade, sendo 20% com menos de 15 anos. Estima-se que, em 2019, ocorrerão no Brasil 31.270 casos novos de câncer de pulmão. Em 2017, foram registrados 27.931 óbitos por essa enfermidade. Uma parcela considerável desses casos poderia ser evitada por meio da redução da prevalência de tabagismo.

Tratamento - Pessoas interessadas em obter informações a respeito do tratamento pelo Sistema Único de Saúde na Capital devem procurar a unidade de saúde de referência ou acessar o aplicativo #EuFaçoPOA na funcionalidade Quero Parar de Fumar. É necessário baixar o aplicativo no celular, disponível nos sistemas Android e iOS. Após o cadastro, a unidade de saúde receberá a informação de que há pessoas que desejam parar de fumar naquela área de abrangência. Será feito contato com o usuário para agendar consulta de avaliação.

O cidadão poderá ser tratado em grupo ou individualmente, conforme as diretrizes do Programa Municipal de Combate ao Tabagismo. Outras informações podem ser obtidas na Ouvidoria da Saúde, pelo Fala Porto Alegre - Fone 156 ou clicando aqui.

Para baixar o #EuFaçoPOA:
App Android
App iOS

Texto e foto: PMPA

Anuncie no Jornal Via Norte, clique e saiba mais.