Geral

Mais de 220 mil eleitores gaúchos precisam fazer recadastramento biométrico até quarta-feira

Mais
09/03/2020 19:40:30

Com prazo final na quarta-feira (11), 228 mil eleitores gaúchos, de 22 municípios, ainda não realizaram o recadastramento biométrico e correm o risco de não votar nas eleições deste ano. Os dados foram atualizados, nesta segunda-feira (9), pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) gaúcho.

A corrida de eleitores para regularizar a situação gera filas em cartórios eleitorais na maioria desses municípios. Conforme o TRE, o tempo na fila é variável, mas o eleitor deve se preparar para, ao menos, uma hora de espera.
 
Em EsteioTorresRosário do SulItaqui Camaquã, aproximadamente um em cada quatro eleitores ainda não cumpriu essa obrigação e pode ficar fora das eleições deste ano. Em Esteio faltam comparecer 25,74% dos eleitores. 

Na ponta oposta, entre os 22 municípios, o melhor índice de recadastramento biométrico está em Santiago, onde faltam comparecer 13,23% dos eleitores.

O maior colégio eleitoral de recadastramento é Santa Cruz do Sul, onde 19.968 eleitores ainda serão esperados. Um em cada cinco eleitores da cidade pode ter o título cancelado.

Eleitores de Porto Alegre não precisam correr

Conforme o TRE-RS, 454 dos 497 municípios gaúchos já concluíram o procedimento. Além dessas 22 cidades que precisam completar a biometria ainda em março, restarão 21 municípios em que o recadastramento poderá ser feito até 2022. Porto Alegre está nesta lista.

 Com dúvidas sobre o tema, centenas correram à Central de Atendimento ao Eleitor, para fazer o recadastramento biométrico, ainda que não haja urgência na Capital. Andrei Barrios, de 27 anos, que precisava mudar o domicílio eleitoral e quitar uma multa, gastou quase três horas de sua tarde entre a espera na fila e o pagamento bancário. Saiu satisfeito por quitar as obrigações que lhe permitirão votar.

— O voto é uma ferramenta que a gente tem para decidir o futuro. A gente não tem capacidade de fazer muitas mudanças, mas ao menos o voto é um direito nosso — destaca Barrios, que recorreu aos fones de ouvido e a episódios de podcast para passar o tempo.

Recadastramento obrigatório

Além de Esteio, precisam passar pelo recadastramento os eleitores de:

  • Camaquã
  • Canela
  • Canguçu
  • Capão da Canoa
  • Carazinho
  • Cruz Alta
  • Dom Pedrito
  • Erechim
  • Guaíba
  • Ijuí
  • Itaqui
  • Lajeado
  • Rosário do Sul
  • Santa Cruz do Sul
  • Santa Vitória do Palmar
  • Santiago
  • Santo Ângelo
  • São Borja
  • São Gabriel
  • Sapiranga
  • Torres

Segundo o TRE-RS, para o cadastramento é necessário levar documento de identificação e comprovante de residência. Há a opção de agendar previamente o atendimento para evitar filas.

Além de ter o título cancelado, o eleitor que não se regularizar também não poderá inscrever-se em concursos públicos, inscrever-se em universidades federais, obter empréstimos em bancos estatais e tirar passaporte. Confira onde encontrar o seu cartório eleitoral.

Os eleitores também podem tirar dúvidas a respeito da sua situação eleitoral pelo telefone 148. Para consultar a situação do seu título eleitoral, clique aqui. Você precisa de nome completo ou CPF.

 
Anuncie no Jornal Via Norte, clique e saiba mais.