Geral

Prefeitura recebe doações de alimentos para famílias carentes

Prefeitura
30/03/2020 12:02:10

A prefeitura está recebendo doações de alimentos de pessoas físicas e jurídicas que queiram ajudar as famílias em situação de vulnerabilidade social atendidas pela Fundação de Assistência Social e Cidadania (Fasc) durante a pandemia do coronavírus. A Campanha Adote uma Comunidade está sendo organizada pela primeira-dama de Porto Alegre, Tainá Vidal. "Sabemos que os porto-alegrenses são solidários. A campanha tem a preocupação de repassar, com maior agilidade, arrecadações para quem mais precisa. Queremos potencializar essa rede de solidariedade, porque a fome não espera", enfatiza Tainá. 

As doações podem ser feitas da seguinte forma:

Doações de pessoa física: entrega dos alimentos e material de limpeza, na sede da Fasc: av. Ipiranga, 310. Horário: de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 12h e das 13h30 às 18h.

Doação de pessoa jurídica: encaminhar a proposta/intenção para o email: gabinete.fasc@portoalegre.rs.gov.br.

Doação de agasalhos: roupas, calçados, toalhas e roupas de cama: rua Múcio Teixeira, 33 - setor de triagem. De segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h às 17h.

Saiba mais - De acordo com a presidente da Fasc, Vera Ponzio, são mais de 300 mil pessoas que têm o seu CPF vinculado aos serviços da assistência social atualmente. "As cestas básicas serão prioritariamente para as famílias mais vulneráveis, que estão no cadastro único, na faixa de renda per capita de até R$ 89,00 e não recebem Bolsa Família ou outros benefícios", explica. 

Por meio do seu braço social, o Instituto Lojas Renner, a varejista de moda também foi a primeira empresa a aderir à campanha da prefeitura, beneficiando as famílias atendidas pela Fasc na região da Bom Jesus a partir do mês de abril. Serão 4.000 (quatro mil) cestas básicas com itens de alimentação e materiais de higiene e limpeza. 

Como parte do propósito de contribuir com a contenção da pandemia e o bem-estar da população, a Lojas Renner está apoiando instituições hospitalares e dando suporte a comunidades na região sul do país, onde fica localizada a sede da empresa e está concentrada boa parte de seus fornecedores. 

"A partir dos mantimentos doados serão montadas cestas básicas que serão entregues às famílias cadastradas, através dos serviços e organizações parceiras da Fasc em cada território. As famílias serão informadas", enfatiza Vera Ponzio. 

Outros grupos vulneráveis que possam ter a necessidade deste apoio, após análise, poderão ser contemplados.

Para mais informações sobre o coronavírus, clique aqui.

Veja aqui as últimas notícias sobre a pandemia.

Anuncie no Jornal Via Norte, clique e saiba mais.